segunda-feira, 30 de março de 2009

Feeling good.


Pássaros voando alto, você sabe como eu me sinto.
Sol no céu, você sabe como eu me sinto.
Bambus balançando sozinhos, você sabe como eu me sinto.
É um novo entardecer é um novo dia e é uma nova vida para mim.
E eu estou me sentindo bem.
Peixe no mar, você sabe como eu me sinto.
Rio correndo solto, você sabe como eu me sinto.
Flores nas árvores, você sabe como eu me sinto.
É um novo entardecer é um novo dia e é uma nova vida para mim.
E eu estou me sentindo bem.
Libélulas todas soltas no sol. Você sabe o que quero dizer, você não sabe?
Borboletas todas se divertindo, você sabe o que quero dizer.
Durma em paz quando o dia está feito.
E esse velho mundo é um novo mundo, um mundo ousado para mim.
As estrelas quando brilham, você sabe como eu me sinto.
O aroma do pinheiro, você sabe como eu me sinto.
Liberdade é minha vida.
Muse

domingo, 29 de março de 2009

Embora.


Quero me mudar para aí! Onde pessoas são felizes, pessoas são bonitas, o céu é mais azul, o sol têm um sorriso e tudo é cinza quase sépia.
Elza Del Castilo.

Mente sem foco.


A julgar pelo olhar do tocador do realejo. Sei que serei julgado pelo fato de que a minha aparência não ajudar a vender esperanças.

É triste que o macaquinho sente no meu ombro. Ele está só esperando pelo dia em que ele finalmente vai me vencer.

Mas eu não preciso de um álibi - sou só uma marionete. E só preciso deste palco para me apresentar. Todos nós precisamos de uma diversão para nos lembrar do que é real. Você seria meu amigo para me lembrar do que é real?

Olhe em meus olhos e entenda o que ele quer dizer.
Segure meu coração e veja que ele sangra... Porque
Estou enlouquecendo.

James Blunt

Satisfações. Ou insatisfações.

Tenho estado paralisada. Abstinência medonha.
Meu computador não liga e irei formatá-lo.
Mas Deus é pai.

domingo, 22 de março de 2009

Cymbal rush.



Tentando salvá-lo mas ele não sai do buraco.
Tentando construir um muro alto o bastante.
Tentando salvar sua casa, tentando salvar suas canções.
Tentando correr mas ele vai te seguir morro acima.
Tudo está fervendo sobre sua voz.
Chega de conversa.
Você devia ter me tirado daqui quando teve a chance.
Todas as salas tinham números.
E os derrotados deram as costas.
Não dê as costas
Não dê as costas...
(Thom Yorke)

Ainda gosto.

Hoje eu acordei sem lembrar
se vivi ou se sonhei...

Ele passa e meus olhos vidram.

''Olha, que coisa mais linda, mais cheia de graça.
É ele meu homem que vem e que passa.
Num doce balanço a caminho do mar.
Moço de corpo dourado do sol de Ipanema.
O seu balançado é mais que um poema
É a coisa mais linda que eu já vi passar.

Ah, se ele soubesse que quando ele passa
O mundo inteirinho se enche de graça
E fica mais lindo
Por causa do amor.''

Diga-me Thom Yorke, como sua pálidez pode ser tão brilhante? Como eu queria ser os raios de sol e estar refletida na sua pele... Ah, como eu quero, meu amor!

sábado, 21 de março de 2009

Rins.

Meu coração vagabundo
quer guardar o mundo
em mim.

Já me acostumei com esse cenário.

Elza: _ Você consegue ver a chuva no meu rosto? As trovoadas das minhas sombrancelhas? As poças transbordando nas minhas pupilas? Os guardas-chuvas abandonados no meu nariz? Os relâmpagos das minhas orelhas? Os pingos finais da minha boca?

João: _ Não entendo o que você fala, você é estranha.

Del Castilo, Elza.
Uma coisa seja dita: Só notamos a presença quando sentimos a ausência.

Dane-se. Comigo sempre foi tudo ao contrário.

quinta-feira, 19 de março de 2009

Aos ventos frios da Europa.


Quero entrar em um avião e aterrissar na Itália. Gênova, Florença, Milão, tanto faz. Depois partir para França, Inglaterra, Portugal, Grécia, Suécia, Alemanha, Holanda, toda a Europa. Viver um romance, ser pedida em casamento. Oh, belíssima paisagem! Tomar vinho português ao som de uma música italiana. Entrar em na catedral de Notre Dame, ver as mais belas artes da Europa juntinho dele. Mandar um cartão postal para minha mãe, dizendo: ''Nunca me sentir tão feliz, eu prometo trazer à senhora para ver quão belo a Europa é. Mãe, realizei o meu sonho!''. Tirar fotos e fotos. Comprar muitas coisas e tê-las para sempre na memória. Deitar debaixo do maravilhoso céu europeu. Passear pelo barco em Veneza. Assistir a Fórmula 1 em Mônaco. Olhar as horas no Big Ben. Comer o chocolate da Suíça. Colher tulipas na Holanda. Pisar na torre de Pisa na Itália. Conversar com portugueses na cidade do Porto. Andar nas ruas em que Sócrates andou na Grécia. Ver o sorriso que paralisa da Monalisa no museu de Louvre. Tomar um chopp na Dinamarca. Dançar castanhola na Espanha.


Quero viver os doces contos de fadas que para mim preparei. Sei, as coisas não anda fácil, o amor anda cada vez escasso, beleza anda cada vez mais invisível. Choro por sonhar tanto. Tanto. Meus sonhos são imensos, são bonitos. Dizem que somos do tamanho de nossos sonhos - me sinto maior que a torre Eiffel. Isso vai ser lindo. Irei fazê-lo lindo.
Elza del Castilo.

quarta-feira, 18 de março de 2009

Ôh menino.

''Eu não sei o que você pode ser. Eu não sei o que você espera. Procuro sempre te conhecer.
E seu silêncio perturba meu silêncio. Eu não sei da onde vem a mentira, é de tua voz que se cala os mundos onde, contudo eu mergulho. São como um túnel que me assusta ee sua distância em relação à mim.
Se perde sempre e procurar te entender é como correr depois do vento.
Eu não sei porque eu fico em um mar onde eu me afogo.
Eu não sei porque eu fico em um ar que me sufoca.
Você é o sangue da minha ferida.
Você é o fogo da minha queimadura.
Você é minha pergunta sem resposta.
Meu grito mudo e meu silêncio...''

Anjos.


Muitos de meus amigos vieram das nuvens, com o sol e a chuva como bagagem. Fizeram a estação da amizade sincera, a mais bela das quatro estações da terra. Têm a doçura das mais belas paisagens e a fidelidade dos pássaros migradores. E em seus corações está gravada uma ternura infinita. Mas, às vezes, uma tristeza aparece em seus olhos. Então, venham se aquecer comigo. Poderá retornar às nuvens e sorrir de novo a outros rostos. Distribuir à suas volta um pouco das suas ternuras. Como não sabemos o que a vida nos dá. Talvez eu não seja mais ninguém se me resta um amigo que realmente me compreenda, me esquecerei das lágrimas e penas. Então, talvez eu vá até você aquecer meu coração com sua chama.


Para: Jhécka, Caroline, Thyago, Laianne, Arthur e Wanessa.
''Ando tão perdido em meus pensamentos. Longe já se vão meus dias de paz. Hoje com a lua tão clara brilhado, vejo o que sinto por ti é mais. Quando te vi, aquilo era quase o amor você me acelerou, acelerou, me deixou desigual. Chegou pra mim, me deu daqueles sinais, depois desalerou e eu fiquei muito mais. Sempre esperei por ti, chegue quando. Sonho em seus braços dormir, descansar. Venha e a vida para você será boa. Cedo que é pra gente se amar a mais. Muito mais perdido, quase um cara vencido à mercê de um amigo ou coisa que o valha. Você me enlouquece, você bem que merece ainda me aparece de minissaia. Sério, o que vou fazer, eu te amo. Nada do que é você em mim se desfaz. Mesmo sem saber o teu sobrenome creio que te amar é pra sempre mais...''

terça-feira, 17 de março de 2009

Uma noite de março.

Por favor, não me deixe presa novamente naquela caixa mal-feita, com som mal-feito, com bebidas mal-feitas, com céu mal-feito, com pessoas mal-feitas e rostos embriagados. Oh, quão feia foi aquela paisagem.
Elza del Castilo.
''A noite acendeu as estrelas porque tinha medo da própria escuridão.''
(Mário Quintana)
''As estrelas brilham sem saber, mas cada vez melhor pois foi só você aparecer, todas desceram pra ver você brilhar de cor. O que mais me chamou atenção foi sua expressão sutil, isso eu já não posso esquecer porque não foi só visão, o coração sentiu. A tenda da noite enche de sombra um sonhar vazio, percorrer tantas fontes até ver você sair do nada para meus horizontes. Que a manhã pura e sã com as mãos de jasmim vá roçar seu rosto pro amor ardente despertar por mim. Deus é pai, vai saber. Se acontecer serei sua até o fim. E em tempo de chuva que chova. Nem que caia um raio eu saio sem você na imaginação.''

domingo, 1 de março de 2009

Feliz aniversário, pai!

Dia 26 de fevereiro, sempre foi um dia lindo! Comemorávamos os seus anos de vida, brindávamos à sua saúde, aplaudimos os seus risos, transbordávamos de alegria. Era o aniversário do meu herói...


Seis anos se passaram, sem você, sem lhe dar um abraço, sem lhe dar um ‘‘Parabéns’’ exclamativo e contentíssimo, sem dar-lhe o seu presente com um embrulho bonito, sem comer aquele bolo, tomar aquele refrigerante e vê-lo o sorriso mais feliz vindo do seu rosto.


Agora passo sempre o seu aniversário ao lado de um mausoléu, na sua sepultura, encostada no impiedoso mármore congelado. Minhas lágrimas fazem-se presentes perto das velas. Na mão um terço... E nos meus olhos as lembranças. Te sinto tocando a minha pele, sinto seu beijo vindo pela brisa. Oh, deixarei essa melancolia para lá!


Acredito que o nosso amor possa nos ver através da morte, pai. Eu estarei bem ao seu lado para todo o sempre. Descansaremos na paz, numa felicidade silenciosa.

Te amo, papai.

Sua eterna princesa, Elza.