sábado, 9 de dezembro de 2017

"Se eu perder a mim mesma, eu perco tudo..."


O acaso te trouxe para mim. 
Não quero sonhar demais, nem nos definir. 
A incerteza é o que temos.
Sem medos ou pressão, 
nos deixamos fluir com os sentimentos recém chegados
até vir a coragem de nos despedimos deles.
Enquanto isso prometemos paz um ao outro e mútua preservação.
Que assim seja. 


domingo, 3 de dezembro de 2017

Sei que me escutas





Me lembro bem o que lhe disse em oração
Desabafei falando tudo o que sentia
Um aperto forte dentro do meu coração
Dúvidas e dores, o medo do amanhã
Esperança que se acaba
Com o tempo que se vai
Trago as marcas das escolhas que eu fiz
Sem perceber peguei atalhos ao vazio
Vejo longe a luz, saio do escuro que criei
Me aceite de volta, junta os pedaços que restou
Agora fico em silêncio para ouvir a sua voz
"Filho eu te lembro
Que jamais te deixei
Eu te lembro, que tuas dores eu sarei
Cada lágrima enxuguei
Sempre ouvi a tua voz de adorador
Filho eu te lembro, de tudo que lhe falei
Não te preocupes, cada palavra cumprirei
Sempre cuidarei de ti, sou o dono do amanhã, estou aqui."
(Coral Kemuel)

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Tente tudo





"Eu errei esta noite, eu perdi outra luta. Até eu chegar ao fim e então eu vou começar de novo. Eu continuo caindo, eu continuo batendo no chão. E eu sempre me levanto para ver o que vem agora. Ninguém aprende sem começar errando. Eu não vou desistir, eu não vou ceder. Não, eu não vou deixar, eu quero tentar de tudo. Eu quero tentar mesmo que eu possa falhar. Tente tudo."


Para mim e para o Cadu, o meu maior leitor e colega de profissão.