segunda-feira, 12 de abril de 2021

MEU ANIVERSÁRIO - 28 ANOS

 Estou imensamente feliz. 

Cansada e ainda tenho tanto que fazer. Mas eu amo isso! 

Amo essa rotina louca, os meus trabalhos são tão preciosos para mim. 

Sofri tanto por estar perdida na área profissional, e aos poucos eu conquistei tudo o que eu quis, é a verdadeira realização de um sonho. 

É cansativo, nem todos os dias eu estou produtiva como deveria estar. Mas tudo bem. Sempre haverá outro dia para eu fazer melhor, dar o meu melhor. 

Estive com a minha família hoje, tão bom estar com esses barulhentos. Tão bom proporcionar conforto para minha mãe, tranquilidade para meus familiares, eu dou e faço o meu melhor por eles também. 

Mas... 

Logo eu terei resolvido os dilemas que me aparecem, com a questão da saúde, a questão afetiva... 

Mas é caminhando que se faz o caminho. E eu estou seguindo, saltitante, ocupada e nutrindo minha alma das melhores coisas da vida. 

Obrigada, VIDA! Muito obrigada! 

Eu estou no melhor momento, no agora! Aproveitando cada instante, cada segundo! 

ESTOU FELIZ!

domingo, 11 de abril de 2021

O horizonte me pede para ir tão longe...

Amanhã é meu aniversário, faço 28 anos. 

Em um piscar de olhos os anos passaram, as coisas mudaram... Menos a minha busca, ela parece sem fim. 

Afinal, o que eu busco? 

Será que todos têm essa necessidade de buscar algo sem saber ao certo o que é? 

Essa aflição, essa pressa. 

Eu quero encontrar, quero muito. 

Antes eu achava que queria viver uma aventura louca, liberdade em seu sentido genuíno. Mas agora, sinto que desejo estabilidade emocional, estabilidade física, estabilidade na saúde. 

Mas sinto que estou longe disso... 

Meu coração pulsa para ir para onde eu verdadeiramente pertenço, mas o caminho ainda é longo.  

Eu não posso reclamar, mas sinto medo de nunca encontrar o meu lugar... Só me resta caminhar, um passo de cada vez. 

Eu não quero agradar; não quero preencher as expectativas alheias; não quero ser bonita para alguém... 

Eu quero me reconhecer, reconhecer meu caminho e o meu amor. 

Quando a trilha parece certa, eu tropeço e as bifurcações aparecem, as decisões não são mais claras. 

Ainda não encontrei um equilíbrio: esconder ou mostrar; apaixonar ou blindar; aberturas ou isolamento; viver ou ter. 

Ou, acho que todos fingem estar satisfeito com suas escolhas, mas não estão e são tão perdidos quanto eu.

Eu sinto sono. 

Estou feliz, mas ainda preciso de mais, muito mais. A inquietude não me deixa. 

Eu vou voar para longe, aqui fica o registro. 

Escrevi aleatoriedades, mas aqui só existe isso: minhas confusões. 

quarta-feira, 7 de abril de 2021

O coração bate forte

 Essa semana iniciou de forma muito maravilhosa, embora a ansiedade se faça presente. 

Eu retornei a dar aula, a ser professora e eu amo isso. É o que faz meu coração bater mais rápido, meus olhos brilharem, preenche a minha vida e nutro um carinho enorme pelos meus alunos. 

Eu tinha me esquecido como é boa essa sensação, como é recompensador compartilhar experiências, conhecimento, pontos de vista... Isso irradia minha alma. 

Se eu precisava de uma motivação para lutar pelo meu mestrado e concluí-lo, eu recebi! 

Estou feliz e satisfeita! 


segunda-feira, 5 de abril de 2021

Os tortuosos caminhos da mulher

 No decorrer da estrada tortuosa, houve muitos percalços e belas paisagens. 

De um lado, a toxicidade de um relacionamento, as humilhações, a dependência, o desrespeito, o desemprego, a escassez pecuniária, a incerteza sobre o futuro, as frustrações profissionais, a solidão... 

Do outro lado, a criatividade, a fé, o bom humor, a capacidade de se reinventar; a força para não desistir de si, mesmo quando o cenário era deplorável; as amizades, os risos, a bondade, os sonhos,  as grandes mudanças, a vontade e a viveza d'alma.

Os caminhos são tortuosos, íngremes em algumas parte da estrada, planos em outro, há desvios também.

Os compromissos da vida chegaram tudo ao mesmo tempo, tal qual uma onda violenta do mar revolto. Sou atingida, envergo, desespero, mas não quebro e nem afundo. 

Estou atrás dos meus sonhos que ainda tenho. 

Sonhos que foram plantados, que faz parte de mim e da minha essência. 

Às vezes choro por medo, às vezes acho que vou afundar. 

Mas uma teimosia maior me sustenta. 

Valerá a pena, eu sei que vai. 

sábado, 3 de abril de 2021

Tu vens, tu vens...


"Na bruma leve das paixões que vem de dentro. 
Tu vem chegando para brincar no meu quintal. 
No teu cavalo, peito nu, cabelo ao vento e o sol quarando nossas roupas no varal. 

A voz do anjo sussurrou no meu ouvido. 
Eu não duvido, já escuto os teus sinais. 
Que tu virias numa manhã de domingo. 
Eu te anuncio nos sinos das catedrais. 

Tu vens, tu vens... 
Eu já escuto os teus sinais."

Mudanças & Aprendizados

 O futuro que me assustava, chegou e se realizou de uma forma linda. 

Tudo que eu sonhei aconteceu de forma melhor que eu esperava. 

O tempo passou e a minha valentia me levou longe, me agarrei a todas as oportunidades, cresci em cada tropeço, minhas lágrimas tornaram-se sementes para minha mente e meu coração. 

Sou tão feliz por ser quem sou, por cada esquisitice, por cada peculiaridade que brota da minha alma. 

Apaixonei-me por mim. 

Isso me faz me sentir pronta para o próximo passo: maternidade. Foi - ao menos - o que eu pensei... 

Uma montanha aparece novamente para eu mover, ainda há aprendizados para te receber... Eu lutarei bravamente por ti, tudo por ti. Isso vai passar logo, estarei pronta para te receber e será lindo. 

Aqui está minha promessa. 

terça-feira, 19 de novembro de 2019

a luta por um dia de sanidade

Todos os dias sou acusada. Todos os dias recebo acusações de que eu estou tratando-lhe mal. Mesmo eu fazendo o meu melhor todos os dias. Ofende-me, xinga-me, depois joga em cima de mim o manto da invisibilidade.

Eu sei o que eu sou. Mas sinto-me psicologicamente exausta.

Um dia a menos, eu digo.

Eu só queria entender o porquê, o que o Universo quer mais me mostrar.

Eu só queria acordar sem essa tortura psicológica todos os dias.

Enquanto isso, um dia a menos.